• A busca por estudos na literatura foi abrangente e sistemática, a fim de reduzir o risco de viés e identificar o maior número possível de evidências relevantes;
     

  • A estratégia de busca foi planejada para maximizar a sensibilidade (abrangência) enquanto buscou razoável precisão, haja vista a amplitude do recorte temático e geográfico estabelecido para revisão (doenças cardiovasculares no Brasil);
     

  • Uma estratégia geral de pesquisa de literatura foi desenvolvida para descrever os principais termos e conceitos usados ​​em todos ou na maioria dos capítulos. Esses principais conceitos foram divididos em três blocos: o primeiro, incluindo doenças cardiovasculares; o segundo, com termos relacionados à epidemiologia, prevenção e controle, custos, genética/histórico familiar e carga global; o terceiro, com os termos relacionados ao Brasil, seus estados e municípios. Ou seja, o objetivo foi recuperar os estudos que apresentassem simultaneamente um ou mais termos de cada conceito; 
     

  • As estratégias de pesquisa para cada capítulo individual foram construídas a partir da estratégia geral e refinadas conforme necessário, de acordo com a expertise dos autores; 
     

  • A busca foi realizada no MEDLINE via PubMed, Embase, Cochrane Library, CINAHL, Scopus, Web of Science e LILACS. Estudos em andamento e dados não publicados também foram incluídos na revisão. Houve também busca manual a o exame das listas de referências dos estudos incluídos assim como de outras revisões sistemáticas relevantes;
     

  • Não houve restrição de status de publicação ou idioma. Em algumas pesquisas, dependendo do volume de literatura publicada sobre o tópico, foram adicionados limites por tipo de publicação. Nesse caso, utilizou-se os filtros validados por tipo de estudo para recuperar aqueles com maior nível de evidência. Considerando o escopo e objetivo da revisão, a busca na literatura se concentrou nas publicações dos últimos 15 anos; 
     

  • Para manter a uniformidade da pesquisa, os mesmos termos e descritores foram utilizados ​​em todas as estratégias de busca (personalizadas de acordo com as especificidades de base de dados). Os vocabulários controlados MeSH, Emtree e DeCS foram utilizados para elaboração das estratégias de busca. Os termos foram explodidos sempre que apropriado, para não perder estudos relevantes. A fim de garantir abrangência à busca, uma ampla variedade de termos livres foi incluída (considerando, por exemplo, variantes de ortografia, sinônimos e acrônimos);
     

  • O gerenciamento do processo de seleção ocorreu através do EndNote;
     

  • A avaliação da elegibilidade dos estudos teve como ponto de partida a triagem dos artigos com leitura de título e resumo (quando disponível), e uma etapa de confirmação, pela leitura do manuscrito em forma de texto completo;
     

  • O relato do processo de busca, avaliação, seleção e síntese de evidências seguiu a recomendação PRISMA. 

O diagrama de fluxo a seguir indica o processo de seleção dos estudos incluídos na revisão sobre a totalidade das doenças cardiovasculares no Brasil:

Sede - Rio de Janeiro

Av. Marechal Câmara, 160

3º andar - Sala: 330 - Centro

Rio de Janeiro - CEP: 20020-907

Tel.: (55+21) 3478-2700

E-mail: sbc@cardiol.br

Expediente: 08h00 às 17h00

(Horário de Brasília)

Sede - São Paulo

Alameda Santos, 705

11º andar - Cerqueira César

São Paulo - CEP: 01419-001

Tel.: (55+11) 3411-5500

E-mail: funcor@cardiol.br

Expediente: 08h00 às 17h00

(Horário de Brasília)

Redes Sociais

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Sociedade Brasileira de Cardiologia | tecnologia@cardiol.br

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram